Alistamento Militar

Coordenador de Serviço Militar do Ministério da Defesa, coronel Fernando Penaço afirmou que a modalidade de inscrição on-line é uma forma de evitar aglomerações por conta do coronavírus e também agilizar o processo para o cidadão. “A ideia do alistamento on-line é facilitar a vida do cidadão. Ou seja, ele pode acessar de casa pelo celular, pelo computador, sem ter o problema de ter que enfrentar filas, gastar dinheiro com transporte e outros mais.”



A data final para o cadastro é 30 de junho.

Aqueles que não possuem acesso à internet devem comparecer presencialmente à Junta de Serviço Militar (JMS) mais próxima de sua residência.

“O Serviço Militar é um importante instrumento de afirmação da unidade nacional. Ele forma cidadãos com espírito cívico, com valor de solidariedade, justiça, princípios éticos e forte sentimento patriótico”, ressaltou o coronel.


Cadastro
Para iniciar o processo de cadastro, o candidato deve apresentar documentos de identificação com foto e de residência que comprovem sua situação.



Confira a lista:

Certidão de Pessoa Física (CPF);
Carteira de identidade;
Comprovante de endereço com CEP;
Endereço de e-mail;
Telefone;
Após preencher o formulário, acompanhe os próximos passos no mesmo site. O acesso é feito com o número do CPF e a senha criada no momento do cadastro.



O processo de seleção para as Forças Armadas ocorre de 1º de julho a 28 de outubro.

Serão feitas avaliações de conhecimentos gerais, exames médicos e psicotécnicos para aprovação ou dispensa do serviço militar.

Se aprovado, a prestação do serviço militar será de 12 meses, prazo que pode ser reduzido por dois meses ou estendido em mais seis meses.

Se dispensado, o candidato recebe o Certificado de Dispensa de Incorporação (CDI) e acorda a apresentar-se caso seja necessário.



Impedimentos

Caso o candidato perca o período de alistamento ou não cumpra a Lei nº 4.375, de 1964, que coloca o serviço militar para jovens do sexo masculino como obrigatório, está sujeito a multa e fica em débito com o Serviço Militar.

Isso gera impedimentos como não poder tirar a Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), obter ou renovar passaportes, matricular-se em instituições de ensino ou editais para concurso público, assinar contratos com governos e empresas e ingressar no serviço público.



Acesse o site de alistamento militar

trilhas_de_futuro.jpg